A informação chega primeiro aqui!

Sexta-feira, 12 de Julho de 2024

Notícias Geral

Aeroportos de Navegantes e Joinville suspendem temporariamente campanha de doações

De acordo com a CCR Aeroportos, que administra o terminal, foco agora é encaminhar todos os materiais recebidos ao povo gaúcho

Aeroportos de Navegantes e Joinville suspendem temporariamente campanha de doações
Reprodução/Redes Sociais
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Desde o dia 5 de maio, os Aeroportos de Navegantes e Joinville, em Santa Catarina instalaram pontos de doação para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, e o que se viu foi uma forte corrente solidária em prol do povo gaúcho. Entre alimentos, garrafas de água, materiais de higiene pessoal e outros produtos, os catarinenses entregaram uma quantidade expressiva de donativos aos dois aeroportos.

Nos próximos dias, o foco das equipes de Navegantes e Joinville será o encaminhamento ao Rio Grande do Sul de tudo o que foi recebido até o momento. Por isso, a campanha de doação foi pausada nesta sexta-feira (24) e novas doações não estão mais sendo aceitas.

“A mobilização nos Aeroportos de Joinville, Navegantes e nos outros 15 aeroportos que administramos no Brasil foi impressionante. Em todos eles, foram mais de 800 toneladas de donativos. Parte do que foi entregue pela população já chegou ao Rio Grande do Sul, mas agora precisamos concentrar os esforços dos nossos times para que todo este material chegue o quanto antes a quem mais precisa neste momento, que são as pessoas desabrigadas e desalojadas por causa desta tragédia climática sem precedentes no Estado”, explica o gerente executivo de Aeroportos da CCR Aeroportos, Marcius Moreno.

Além dos Aeroportos de Navegantes e Joinville, a campanha ocorreu nos seguintes aeroportos administrados pela CCR: Curitiba, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu, no Paraná; São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Goiânia, em Goiás; Palmas, no Tocantins; Teresina; Petrolina, em Pernambuco; Pampulha e Confins, em Minas Gerais (este último administrado via consórcio BH AirPort); e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul.

Recomenda-se que os cidadãos busquem outros pontos de arrecadação no município para fazer novas doações.



FONTE/CRÉDITOS: Juliane Fladzinski/Excom - Excelencia Comunicação
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!