A informação chega primeiro aqui!

Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024

Notícias Esportes

Barra FC espera jogo difícil contra embalado Concórdia

Jogo será às 18 horas em Itajaí

Barra FC espera jogo difícil contra embalado Concórdia
Divulgação/Barra FC
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Barra FC está preparado para encarar o Concórdia pela sétima rodada do Campeonato Catarinense 2024, neste sábado (10), às 18h, no estádio Dr. Hercílio Luz. O Pescador está na sexta colocação neste momento, com sete pontos conquistados. O rival tem oito pontos e está uma posição acima da equipe de Balneário Camboriú. Pela proximidade na tabela e o fato de ambos almejarem uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro, o embate é tratado como um “jogo de seis pontos”.

“Um adversário muito forte, conquistou quatro pontos contra dois times de Série B. Tem um padrão de jogo bem definido, com muita qualidade técnica. Vamos ter que ter muita inteligência, marcar muito forte. Um jogo muito difícil contra um adversário direto, que briga pelos mesmos objetivos que os nossos”, analisou Eduardo Souza, técnico do Barra FC.

O Pescador teve somente dois dias para se recuperar da partida contra o Criciúma. O comandante do alviceleste comentou sobre a logística do clube nestes dias que antecederam o duelo contra o Galo do Oeste. 

“Procuramos fazer alguns ajustes do que nós enfrentamos em Criciúma e também falar um pouco do nosso adversário. É descansar bem e deixar os jogadores inteiros. Já vamos para a sétima partida em um intervalo de 21 dias. É muito desgastante. Mais do que nunca, agora, será importante o elenco. Estamos rodando, entendendo o desgaste de cada um e amanhã não será diferente”, ponderou o treinador. 

Para o confronto contra o Concórdia, o volante Natan retorna ao time, após cumprir suspensão contra o Criciúma, por ter levado três cartões amarelos no Catarinense 2024. O jogador revelou que a função de torcedor é muito mais complicada que a de atleta de futebol.

“Torcer é muito ruim, quando você está participando do processo. Você fica muito ansioso, tentando ajudar de alguma forma. Mas fiquei feliz, pois a equipe fez um excelente jogo, apesar da derrota. O Gelson, que entrou, fez um excelente jogo”, comentou o camisa 5, que complementou: 

“Fiquei alguns dias com o Gamarra (preparador físico) para recuperar a parte física. Procurei também descansar bem para estar apto para esse jogo, que é de suma importância para o Barra FC”, disse.

FONTE/CRÉDITOS: Vinicius Las Casas/Barra FC/Imprensa
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!