A informação chega primeiro aqui!

Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Notícias Política

Base do Governo vota contra ao projeto do Estatuto do Pedestre em Balneário Camboriú

“Ficou claro que o projeto foi rejeitado por questão política", disse o vereador Meirinho

Base do Governo vota contra ao projeto do Estatuto do Pedestre em Balneário Camboriú
Fotos encaminhadas por moradores ao gabinete
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A base do governo do prefeito Fabrício Oliveira votou contrário nesta terça-feira (14) ao projeto que instituía o Estatuto do Pedestre em Balneário Camboriú. Por 11 votos contra cinco favoráveis, o projeto de autoria do vereador André Meirinho (PP) foi rejeitado sem justificativa dos parlamentares da base do governo. 

“Ficou claro que o projeto foi rejeitado por questão política, por eu não fazer parte da base do governo. Um projeto que passou por audiência pública, teve aprovação da comunidade e da BC Trânsito, teve voto contrário sem nenhuma justificativa dos vereadores que fazem parte da base. Uma decepção de um governo que diz que cuida das pessoas, mas não aprova projetos que coloca as pessoas como prioridade na política de mobilidade urbana”, disse o vereador André Meirinho. 

O projeto visava ter o pedestre como elemento central nas políticas de mobilidade, por meio da qualificação das vias e garantia dos direitos e deveres ao pedestre, com segurança, mobilidade, acessibilidade e conforto nos deslocamentos no município, com proteção especial às crianças, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e idosos.

O estatuto previa também a padronização e melhoria na infraestrutura, qualificação de calçadas, segurança, diminuição de quedas e atropelamentos, desestímulo do uso de veículos, faixas de pedestres sinalizadas e iluminadas, temporizadores visuais e sonoros, tempo suficiente para travessia segura, sistema de informações sobre a mobilidade a pé, entre outros aspectos. 

Votaram a favor do projeto os vereadores André Meirinho, Lucas Gotardo, Eduardo Zanatta, Juliana Pavan e Patrick Machado. E votaram contrário ao projeto os vereadores Anderson Santos, Asinil Medeiros, Cristiano, Dani Serpa, Gelson Rodrigues, João Koeddermann, Marcos Kurtz, Nena Amorim, Nilson Probst, Roberto Souza Junior e Victor Forte. 


 

FONTE/CRÉDITOS: Kattiúcia Villain/Assessoria de Imprensa
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!