A informação chega primeiro aqui!

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Notícias Polícia

Em sete dias 432 vítimas de violência doméstica são atendidas em Santa Catarina

A operação ocorre até o dia 15 de setembro

Em sete dias 432 vítimas de violência doméstica são atendidas em Santa Catarina
Diulgação/PCSC
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Coordenadoria das Delegacias de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (CDPCAMI), da Polícia Civil de Santa Catarina, divulgou na quarta-feira (30), o balanço da primeira semana da Operação Shamar. A ação nacional capitaneada pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública, Ministério das Mulheres, Secretaria Nacional de Segurança Pública, a operação visa, especialmente, ao combate da violência doméstica familiar contra a mulher e do feminicídio. A operação ocorre até o dia 15 de setembro.

De acordo com balanço da primeira semana de ações pela Coordenadoria das Delegacias de proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (CDPCAMI) 432 vítimas foram atendidas e 16 agressores presos. Os policiais também cumpriram 21 mandados de busca e apreensão, a maioria para localizar armas que aumentam consideravelmente o risco de morte de mulheres que são ameaçados por homens. 

Para se ter uma ideia da dimensão deste problema social e cultural, apenas em uma semana, foram registrados 408 boletins de ocorrência envolvendo violência contra a mulher e solicitadas 280 Medidas Protetivas de Urgência (MPU). Foram instaurados 262 inquéritos e outros 302, que estavam em andamento, foram concluídos.

As DPCAMIs também estão outras apurando 240 denúncias no contexto de violência doméstica. As unidades também fizeram 12 acompanhamentos para a retirada de pertences pessoais.

As mais de 2.144 ações desenvolvidas pelas delegacias especializadas também contabilizam 30 palestras e 67 ações de panfletagem e orientações a fim de buscar a efetiva proteção das mulheres bem como apresentar os caminhos para interromper o ciclo da violência. Vale destacar ainda que 41 pessoas foram conduzidas à unidade policial por agressão a mulher, diversa a feminicídio.

Procure ajuda

Em caso de suspeita ou violação dos direitos da mulher, a orientação é procurar a delegacia mais próxima. Lá existem profissionais capacitados que poderão dar todas as orientações para vítimas e familiares. As outras alternativas disponíveis são procurar a DPCAMI de sua cidade/região; fazer o BO por meio da delegacia virtual (delegaciavirtual.sc.gov.br), ligar para 181 (disque-denúncia); para 197 da Polícia Civil ou 180 do Ministério das Mulheres.

Principais ações realizadas pela PCSC nas diversas regiões do estado:

Florianópolis – As forças de segurança mobillizaram suas equipes para particpar de uma caminhada no Centro de Florianópolis, no dia 31. O objetivo foi discribuir material e orientar a população sobre como romper o ciclo de violência e onde procurar ajuda para vítimas de violência domástica.

Xanxerê – A Diretoria de Polícia da Fronteira (DIFRON) lançou o Projeto Mulher Segura. Idealizado pela DIFRON, o plano aposta na informação como ferramenta para que as pessoas vítimas de violência doméstica, familiar e de gênero, identifiquem os ciclos da violência e o rápido acesso aos canais de denúncia.  A DPCAMI de Xanxerê em parceria com entidades públicas e privadas realizou uma caminhada no centro do município, visando a conscientização e combate à violência doméstica e familiar contra a mulher e ao feminicídio. 

Campos Novos – A DPCAMI e a DIC de Campos Novos cumpriram mandado de busca na casa de um homem que havia ameaçado a companheira com uma arma. Na busca foi localizada uma arma com numeração suprimida e uma pequena quantidade de maconha. O homem foi preso por posse ilegal de arma e posse de drogas.

Paulo Lopes – Em ação conjunta entre a Secretaria de Assistência Social (CRAS e PSE) e Secretaria de Educação do município e Polícia Civil, na quinta-feira (24) foi ministrada palestra sobre violência doméstica contra a mulher aos alunos da Escola Municipal Dr. Ivo Silveira. 

Palhoça – A 30ª DRP e a DPCAMI de Palhoça realizaram na tarde de hoje, na CIRETRAN de Palhoça, uma Roda de Conversas acerca da violência doméstica. O Psicólogo André Silva Lohn, da DPCAMI de Palhoça, promoveu grandes reflexões sobre o tema.

Balneário Camboriú – Policiais civis da DPCAMI de Balneário Camboriú realizaram uma blitz no Bairro das Nações para alertar as mulheres sobre o ciclo da violência e onde denunciar uma agressão.

Balneário Arroio do Silva – Em uma Roda de Conversa promovida pelo CRAS, policiais civis falaram sobre a origem da violência contra a mulher e estratégias para enfrentamento. Tivemos depoimentos emocionantes de vítimas sobreviventes e uma importante troca com a comunidade.

Joaçaba – DPCAMI Joaçaba promoveu uma ação pública e distribuiu panfletos para conscientizar a população sobre o ciclo da violência e formas de denunciar agressões.

Braço do Norte – No município, os policiais civis percorreram as principais ruas do centro para mobilizar a população em torno do combate à violência contra a mulher.

Grão Pará – A equipe da DPMu também entregou panfletos nas principais vias do município e conversou com os moradores sobre a Campanha contra a violência contra a Mulher.

Araranguá – A delegada Elaine Chaves, titular da DPCAMI de Araranguá e a agente de polícia, Márcia Cristiane Nunes Scardueli, realizaram na quinta-feira (14) uma palestra sobre combate à violência doméstica para estudantes do ensino médio de Maracajá. 

São José do Cedro – Nesta quinta-feira (24), a Delegacia de Polícia de Fronteira cumpriu mandado de prisão contra um homem envolvendo violência doméstica. Segundo relato da mulher do autor dos fatos, ele a teria ameaçado de morte no dia 19 de agosto, por não concordar com o fim do relacionamento. A vítima solicitou medida protetiva.

Itapema- A convite da Delegacia de Itapema, os psicólogos policiais, Ítalo Nunes e Carola Cristofolini, participaram de uma ação de conscientização que também integra o Agosto Lilás. Na quarta-feira (23) eles estiveram na E.E. Anita Garibaldi e realizaram a dinâmica Maria no Jogo: saindo do ciclo da violência. A atividade consiste apresentar, de forma lúdica, alternativas para sair do ciclo de violência.

Joinville – Em contexto de violência domésticas, policiais da DPCAMI de Joinville cumpriram mandado de busca e apreensão na casa de um homem que havia ameaçado a esposa. Foram apreendidas pistolas (sendo uma calibre 9mm, com 24 munições; e a outra calibre 380, com 24 munições), além de uma carabina, calibre .22, com 300 munições. 

Angelina – No município de Angelina, a Polícia Civil prendeu na última terça-feira (22) um homem por prática de ato libidinoso com menor de 14 anos. No interrogatório, o investigado negou os fatos em apuração e foi encaminhado à CPP de Palhoça.

Xaxim – A Delegacia de Polícia da Comarca de Xaxim, coordenada pelo delegado Cláudio Menezes Vieira, prendeu um homem, natural de Santo Ângelo (RS), por não pagamento de pensão alimentícia avaliada em R$ 3,6 mil Após procedimentos legais, o homem foi encaminhado ao Fórum da Comarca de Xaxim para audiência de custódia e encaminhamento ao sistema prisional.

Caçador – A Delegacia de proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAM) e a Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Caçador cumpriram mandado de prisão contra um homem acusado de estupro de vulnerável. Realizados os procedimentos legais, o homem foi encaminhado ao presídio regional de Caçador.

Imaruí – A Delegacia de Polícia da Comarca de Imaruí cumpriu mandado de busca e apreendeu armas de fogo e munições em função de uma investigação envolvendo violência doméstica e familiar contra a mulher.

Joinville – A equipe da DPCAMI de Joinville cumpriu mandado de busca e apreensão, em contexto de violência doméstica, e apreendeu armas de fogo e munições na casa de um homem. Os objetos foram encaminhados à Polícia Científica para a realização das perícias, ficando à disposição do Poder Judiciário para providências posteriores.

Faxinal dos Guedes – Policiais civis da Delegacia da Faxinal do Guedes com apoio da Polícia Militar, coordenados pelo delegado Wesley Costa, apreenderam na segunda-feira (21), um revólver supostamente utilizado para ameaçar vítima de violência doméstica. A apreensão se deu após a vítima registrar que havia sido agredida e ameaçada pelo companheiro. 

Tijucas – A Polícia Civil de Tijucas prendeu na segunda-feira (21) um homem condenado por ter praticado os crimes de ameaça e descumprimento de medida protetiva de urgência contra a ex-companheira no município.

Itajaí – Agentes da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso da Comarca (DPCAMI) de Itajaí prenderam na segunda-feira (21) um condenado a 14 anos de reclusão pelo crime de tentativa de feminicídio ocorrido no ano de 2013, em Itajaí.



FONTE/CRÉDITOS: PCSC/Comunicação Social
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!