A informação chega primeiro aqui!

Sexta-feira, 12 de Julho de 2024

Notícias Geral

Governo do Estado abre mais 10 leitos de UTI no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí

Para garantir o pleno funcionamento dos leitos, o Estado vai custeá-los integralmente até que sejam habilitados pelo Ministério da Saúde

Governo do Estado abre mais 10 leitos de UTI no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí
Divulgação Ascom/SES
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Dando continuidade à diretriz do Governo do Estado de ampliação da rede de atendimento da saúde pública, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) num esforço em conjunto com o Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí, abriu mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos nesta segunda-feira (17). Agora, o Estado passa a ter 183 novos leitos de UTI adulto, pediátrica e neonatal, somados aos já existentes.

“Estamos seguindo a determinação do governador Jorginho Mello em melhorar a infraestrutura dos hospitais e garantir que nenhum paciente fique sem leito de UTI, por isso, desde o ano passado estamos abrindo leitos em várias regiões do Estado, a meta é passarmos dos 200. Ressalto que estamos em um período sazonal com as doenças respiratórias, por isso reforçamos a importância da vacinação contra a gripe, principalmente entre os idosos e crianças, que são os que mais desenvolvem os casos graves”, destaca o Secretário de Estado da Saúde, Diogo Demarchi.

Para garantir o pleno funcionamento dos leitos, o Estado vai custeá-los integralmente até que sejam habilitados pelo Ministério da Saúde. Será repassado R$1,2 mil (diário) por leito de UTI SUS vago ou não, podendo chegar a R$ 2,1 mil quando habilitado e qualificado.

Desde o início do ano de 2023, a SES tem buscado fortalecer e ampliar os leitos no Estado, em especial os de UTI. Os novos leitos estão distribuídos entre neonatais (53), pediátricos (50) e adultos (80). Eles estão localizados em hospitais dos municípios de Araranguá, Blumenau, Brusque, Itajaí, Lages, Mafra, São José, Sombrio, Caçador, Concórdia e Chapecó.

A iniciativa tem impacto direto no aumento da capacidade de atendimento, proporcionando não apenas a ampliação do suporte a pacientes críticos, mas também impulsionando a realização de cirurgias eletivas.

FONTE/CRÉDITOS: ASCOM | SES  
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!