A informação chega primeiro aqui!

Sabado, 28 de Janeiro de 2023

Colunas/Informa & Comenta

Na Dubai brasileira, pessoas idosas são proibidas de trabalhar

Professora passa em concurso pública na Secretaria de Educação e sofre discriminação

Na Dubai brasileira, pessoas idosas são proibidas de trabalhar
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

ENTENDA - Uma senhora, professora de carreira, passou no último concurso da prefeitura. Apresentou os documentos e passou por avaliação médica, como de praxe.

REPROVADA - Na avaliação, ela foi reprovada pelo médico que alegou que com a idade que tem não pode mais cuidar de crianças. E informou que ela teria alguns problemas de coluna.

PROVAS - A professora buscou uma segunda avaliação médica. E nestes exames ficou constado que ela poderia sim trabalhar. Que os problemas alegados pelo médico da prefeitura não a impediam de continuar trabalhando.

CONTRATADA - O interessante dessa história é que durante cerca de 12 anos ela trabalhou como ACT na Secretaria de Educação, em escola de Ensino Infantil.

E MAIS - Foi a autora da musica tema de um CEI. E usava a música para ensinar os pequeninos. Chegou a ser homenageada pelo seu trabalho.

RETORNOU - Voltando ao médico avaliador nesta segunda-feira (21), levou todos os exames e documentação. O examinador desconheceu e manteve a decisão de impedi-la de trabalhar. 

APOSENTADORIA - A partir da decisão do médico, a professora pediu que ele desse um laudo porque ela iria entrar com um pedido de auxílio doença ou até mesmo de aposentadoria. Foi negado pelo médico.

TRISTE - Decisão triste. Entendendo o médico que ela não estaria apta para o trabalho não poderia ter dado um laudo para o pedido junto ao INSS? Como irá sobreviver daqui em diante? Será que a Secretaria da Pessoa Idosa vai provir as suas necessidades básicas?

TRATAMENTO - Balneário Camboriú divulga sempre os cuidados que tem com os nossos idosos. O gabola prefeito Fabrício faz disso como um dos pontos principais de sua divulgação pessoal.

REALIDADE - O que acontece na cidade, porém, não condiz com a realidade. A propaganda é uma e pode até beneficiar alguns, mas a realidade é totalmente diferente.

CONHEÇO - Tenho amizade com essa professora. Sei o importante trabalho que faz e quer continuar fazendo na educação. Pena que quem a reconheceu como importante para o município a abandona em um importante. Vão tirar dela a vontade de continuar educando e, em trocaa, vão oferecer o quê? 

FONTE/CRÉDITOS: Elias Silveira
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!